Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de maio, 2024

A VIDA SANTA

  “Portanto, visto que Cristo padeceu por nós no seu corpo, armai-vos também vós deste mesmo pensamento, porque aquele que padeceu no corpo já rompeu com o pecado. Então, no tempo que vos resta no corpo não vivam mais segundo os desejos dos homens, mas segundo a vontade de Deus” (1Pedro4.1-2). Ao lermos este texto de Pedro, perguntamos se há em nós, no nosso íntimo, disposição para a vida santa. Deveria haver, pois é isso que recomenda esse Apóstolo. Sabemos que já vivemos a devoção a Deus por meio da reflexão na Palavra, da oração, da comunhão com os irmãos, das celebrações cúlticas no templo. Tudo isso é muito bom, desejável e até prazeroso. Mas a busca pela vida santa, no íntimo, constitui outra área da vida espiritual, marcada pela renúncia ao pecado, o que envolve um certo esforço pessoal, sacrifício e até sofrimento. Fazer isso significa imitar a Cristo em sua renúncia ao pecado. É fato que vivemos uma vida bem diferente da que vivíamos antes de conhecer a Cristo. Vivemos uma