Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de julho, 2022

A JUSTIÇA QUE VEM DE DEUS

  Muitas pessoas vivem como se fossem eternas, sem importar-se com sua condição espiritual. Mas, de repente, são surpreendidas com enfermidades graves, acidentes e situações que levam à morte. Outras consideram a questão espiritual, mas se dedicam a religiões que são meras criações humanas e, por essa razão, não conduzem seus fiéis à presença do Criador. Já outras, procuram garantir um bom destino, após a morte, por meio de religiões de auto salvação, que incentivam a prática de caridade, boas obras e, até mesmo, o esforço para cumprir os mandamentos divinos.  A sagrada Escritura, porém, mostra que esses modos de tratar a questão espiritual do homem são inadequados. O profeta Isaías, falando nesse contexto, disse: “somos como o impuro - todos nós! Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo. Murchamos como folhas, e como vento as nossas iniquidades nos levam para longe” (64:6). Pouco valem nossos atos bons, pois nossas iniquidades nos levam para longe de Deus. Já com respei