Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de fevereiro, 2017

A QUESTÃO DO SOFRIMENTO EM JÓ

A QUESTÃO DO SOFRIMENTO EM JÓ O livro de Jó suscita, em seu texto, relevantes questões teológicas e filosóficas sobre Deus e o homem. Há uma reflexão sobre o caráter divino e sua justiça ante ao sofrimento humano, em sua narrativa. Com respeito ao homem, o próprio Jó levanta a grande questão filosófica: “Que é o homem...?” e discute sobre o sentido da existência ao dizer: “...meus dias não têm sentido.” (7.16,17). Contudo, a questão central que essa obra da literatura de sabedoria dos hebreus levanta é o sofrimento do justo.  A tese bíblica sobre a origem do sofrimento, na humanidade, encontra-se no conceito da Queda. O homem ao separar-se de Deus ficou sujeito ao sofrimento, pois se desligou da fonte que lhe nutria vida. Ele não foi criado para a vida autônoma, mas para viver na presença de seu Criador. Por isso, após a separação, seu corpo se alterou e ficou sujeito à morte. Sua alma passou a experimentar sentimentos novos como angústia, dor, medo e desespero. E seu espí