Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de fevereiro, 2016

A RESSURREIÇÃO DOS MORTOS - PARTE 1

O Apóstolo Paulo ao fazer sua defesa perante Félix, governador da província romana da Judéia, entre os anos 52 e 60, disse: “...tenho em Deus a mesma esperança desses homens: de que haverá ressurreição tanto de justos como de injustos…” (Atos 24:15). O Apóstolo dá a entender que haverá uma ressurreição geral tanto para cristãos como não cristãos. De igual modo pensa o Apóstolo João, que diz: “...está chegando a hora em que todos os que estiverem nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão; os que fizeram o bem ressuscitarão para a vida, e os que fizeram o mal ressuscitarão para serem condenados” (João 5:29). Ainda, com o mesmo entendimento, há também o Apóstolo Mateus, que diz: “quando o Filho do homem vier em sua glória, com todos os anjos, ele se assentará em seu trono na glória celestial. Todas as nações serão reunidas diante dele e ele separará uma das outras como o pastor separa as ovelhas dos bodes. E colocará as ovelhas à sua direita e os bodes à sua esquerda. Então o Rei dirá aos qu

A RESSURREIÇÃO DE CRISTO NOS EVANGELHOS

No texto anterior, tratamos a ressurreição de Cristo a partir do pensamento de Paulo e, sucintamente, citamos João. Neste, abordaremos essa questão segundo o que dizem os autores dos quatro evangelhos. Um novo texto sobre esse assunto se justifica, devido à sua considerável abrangência; tanto que os conteúdos desta postagem e da anterior constituem apenas uma breve introdução ao tema.  A ressurreição de Cristo está presente em todo o Novo Testamento. Ela é mencionada, explicitamente, em dezessete livros e, implicitamente, nos demais. Todos os quatro evangelistas dedicaram parte de seu evangelho para apresentar detalhada narrativa desse acontecimento. Também foi, abertamente, ensinada por Jesus (Marcos 12.18-27) não apenas teoricamente, mas com demonstrações práticas de poder, ao ressuscitar três pessoas (Marcos 5.21-24, 35-43; Lucas 7.11-17 e João 11.1-44).  No entanto, essas ressurreições que Ele realizou, durante seu ministério, não foram semelhantes à sua, pois as pessoas, que retor