Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de novembro, 2021

NENHUMA CONDENAÇÃO

  Quando o homem pecou pela primeira vez, por esse ato, tornou-se inimigo de Deus. Ao fazer mal uso de sua liberdade ante a Deus, desconsiderou a orientação divina e buscou uma autonomia em um código moral próprio. O homem amou mais a si que a Deus. Ao agir assim, corrompeu sua natureza original, que fora criada para viver segundo a vontade divina, e se autocondenou à uma existência separada de Deus, marcada pelo pecado e a morte. Deus, porém, por seu muito amor, reconciliou o ser humano com Ele por meio de Seu Filho, Jesus Cristo. Veja o que diz o Apóstolo Paulo, escrevendo aos Romanos: “Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida! Não apenas isso, mas também nos gloriamos em Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, mediante quem recebemos agora a reconciliação” (Romanos 5:10,11).  Esse texto paulino revela que o amor de Deus o levou a entrar na humanidade, por